sexta-feira, 29 de agosto de 2008

Castanheiro de Beira Valente, M.ta da Beira

Foto: Beira Valente - Abril/2008
Foto: Beira Valente - Maio/2008 Não fugindo à temática património mas variando um pouco no assunto, no espaço e no tempo, pretendo partilhar o que para mim foi uma grande descoberta. Foi com grande surpresa e emoção que no mês de Abril do corrente ano descobri o castanheiro das imagens anexas. Está à vista de todos, em Beira Valente, num souto junto à estrada que faz a ligação entre esta localidade e Leomil, Concelho de Moimenta da Beira, distrito de Viseu. É sem sombra de dúvida um belo, majestoso e monumental castanheiro, o maior que conheço e certamente um dos maiores do país. O seu tronco tem de perímetro aproximadamente 13,30 m. Não sei se se encontra referenciado pela DGRF – Direcção Geral dos Recursos Florestais, a quem aliás comuniquei por e-mail o achado. No volume 5 –“Do Castanheiro ao Teixo”, da colecção “Árvores e Florestas de Portugal”, recentemente publicado pelo Jornal Público, de entre uma vasta lista de castanheiros monumentais e classificados não existe qualquer referência a este espécime. Curiosamente são mencionados outros no mesmo Concelho.

Foto: Beira Valente - Abril/2008
No interior oco do castanheiro de Beira Valente há vestígios de ter sido feita uma fogueira, verdadeiro atentado a tão nobre majestade.
Rafael Carvalho / Ago2008

5 comentários:

Júlia Galego disse...

Estive a ver no portal da DGRF e não consta lá esse castanheiro.
Pode verificar em

http://www.dgrf.min-agricultura.pt/portal/Arvores.qry?Distrito=18&Concelho=7&Freguesia=&Processo=&template%3Amethod=Pesquisar

É um belo exemplar.
Cumprimentos

Pedro Nuno Teixeira Santos disse...

Parabéns pela descoberta e um duplo agradecimento...Um agradecimento pela partilha e outro por ter comunicado a localização do mesmo à DGRF.

Estou um pouco curioso por saber se obteve uma resposta ao e-mail enviado à DGRF.

Em caso negativo, pedia-lhe que não desistisse e que comunicasse a exacta localização da árvore e enviasse as fotos, por escrito, para:
Direcção-Geral dos Recursos Florestais
Divisão de Protecção e Conservação Florestal
Avenida João Crisóstomo, 28
1069-040 LISBOA

É altura das pessoas começarem a compreender que o património natural, como este belíssimo castanheiro, merece igual divulgação e protecção relativamente ao património histórico.

Em breve, irei fazer-lhe uma referência no meu blogue.

Cumprimentos.

P.S. - Cheguei aqui, em boa hora, a conselho da Júlia do "Entre Tejo e Odiana".

Rafael Carvalho disse...

Amigos Júlia e Pedro:
Relativamente ao e-mail que em Abril enviei para a DGRF, acompanhado de fotografias e da respectiva descrição, ainda não recebi resposta.
Pelo estímulo obtido pelos vossos comentários, vou reenviar a informação agora por via postal.
Voltem sempre,
Rafael Carvalho

carla disse...

este castenheiro e na minha terra. beira valente linda aldeia minha terra natal.

Rafael Carvalho disse...

Carla,
parabéns por ter na sua terra este majestoso castanheiro!
Pessoalmente, roo-me de inveja.
Cumprimentos.