terça-feira, 16 de março de 2010

Janelas verdes em fundo branco

Foto: Barcos, Tabuaço
+ O presente post inaugura uma série dedicada a Barcos, Aldeia Vinhateira do Concelho de Tabuaço. Do branco imaculado com que a casa foi pintada, destaca-se o verde das suas janelas. Lembra quem passa que o contraste cromático é uma das mais belas características da Arquitectura D’Ouro.
Rafael Carvalho / Mar2010

4 comentários:

gustavo disse...

essa é uma das características da arquitetura brasileira que herdamos do período colonial: paredes caiadas de branco, apresentando cores apenas no madeiramento de portas e janelas (azul, verde, amarelo e salmão).
o que nos faz sentir em casa quando visitamos Portugal.

Rafael Carvalho disse...

Gustavo,
efectivamente não é só a língua que nos une! A arquitectura também dá uma ajuda.
Cumprimentos para o outro lado do Atlântico.

Júlia Galego disse...

Há aqui alguma coisa de familiar: o branco da fachada. Já este verde das janelas não o tenho visto por estas terras alentejanas.
Cumprimentos do Sul.

Rafael Carvalho disse...

Júlia,
as cores fortes estão presentes em muitas das aldeias durienses. Dizem que servem para afastar as "más influências"...
Cumprimentos.